O que querem os candidatos?

Atualizado: 15 de Jun de 2019


O que motiva os candidatos a vagas e faz com que eles permaneçam depois de contratados? Para responder a esta pergunta, fizemos uso de dados obtidos em 2017 em seleções nas quais foi utilizado o sistema HRPM (Human Resources Perfect Match). Assim, com mais de 1.000 candidatos que se candidataram a vagas das áreas administrativa e técnica respondendo sobre suas preferências, conseguimos tirar alguns insights interessantes sobre o que as novas gerações de profissionais querem:

  • Há maior interesse em aspectos relacionados ao crescimento profissional e à forma de gestão da empresa do que a remuneração e características do local de trabalho. Acima de 90% dos candidatos indicaram como principais preferências assuntos relacionados ao crescimento profissional: Plano de carreira, Empresa com oportunidade de crescimento no mercado e Programas de desenvolvimento. Em segundo lugar, com 85% a 90% das indicações, aparecem questões relacionadas a gestão (Canal direto com a alta gerência para apresentação de ideias, Fomento ao trabalho em equipe, Programas de motivação e Autonomia na tomada de decisões).

  • Comparando quesitos relacionados com Gestão da empresa e Remuneração, observamos que as novas gerações não estão assim tão interessadas em remuneração, apenas uma preferência foi indicada por mais de 80% dos candidatos como de alta ou altíssima importância, sendo que cinco estão nesse nível no que diz respeito a Gestão. É interessante notar que apenas 52,8% dos candidatos indicaram o aspecto Salário como muito importante, sendo este quesito superado, de longe, por formas de remuneração indireta, como Convênio médico (82,1%), Participação nos lucros (79,6%), Pagamento de estudos (78,9%), Premiações e bonificações (73,6%) e Plano de previdência privada (70,8%).

  • Se o HRPM mostrou que a totalidade das preferências referentes ao crescimento na carreira são importantes para mais de 65%, também mostrou que aquelas relacionadas ao local de trabalho estão, todas, estão abaixo de 65% das indicações. Será que as pessoas não se importam muito com o local onde trabalham? O relativamente baixo interesse em home office (apenas 54,1% o indicaram como de alto ou altíssimo interesse) reforça que o quesito Local de trabalho não é assim tão importante para as novas gerações, comparado com a carreira e o modelo de gestão da empresa.

  • Um dado que chama a atenção é a elevada porcentagem de candidatos (81,1%) que procura empresas com Programas de inclusão social. O dado revela que as novas gerações de profissionais têm grande consciência social. Sendo este um quesito ligado aos valores das pessoas e das empresas, pode ter forte impacto no engajamento.

  • Outro assunto que influencia muito no engajamento é a Autonomia na tomada de decisões, que obteve mais de 85% das indicações. De acordo com a Teoria da Autodeterminação, de Deci & Ryan (1981), um comportamento autodeterminado é positivo para a saúde psicológica das pessoas. Eles partem do princípio de que todo ser humano deseja ter o controle sobre seu comportamento, sendo esta a base das motivações intrínsecas do ser humano. Segundo os autores, na medida que percebemos que nossas ações são promovidas por fontes externas, o nosso nível de motivação decresce e perdemos interesse pelo trabalho na empresa.

  • · Na mesma linha da autonomia, a preferência de mais de 90% dos candidatos por ter Canal direto com a alta gerência para apresentação de ideias é um indicador de que os novos profissionais querem fazer parte das estratégias da empresa, sendo escutados e contribuindo nas decisões de aqueles que traçam os destinos da empresa.

Curioso por conhecer todos os resultados obtidos com o HRPM? Vamos mostrar o quadro completo de preferências.



O que achou? Ficou surpreso com o resultado? Com o HRPM poderemos monitorar de forma permanente o que as pessoas querem e como as preferências mudam ao longo do tempo para que você possa acompanhar e adequar as políticas de RH da sua empresa às demandas do mercado de trabalho.



Silvia Frick


0 visualização

© 2016 by Exemplaria Solutions.

All trademarks belong to their respective owners.